Restaurante Argentino em Londres

É chegado o dia do “guest post” do nosso guia “100 Restaurantes em Londres“. E esse mês quem me dá a honra da sua presença por aqui  é a super querida Ana, do blog O Mundo Que Eu Vi, que escreveu a seção de “Culinária Internacional” do guia! Me desculpem os vegetarianos, mas essa dica da Ana é de dar água na boca  dos carnívoros sem culpa, como eu!

Depois de tanto sanduíche e as variações de batata, brasileiro quer mesmo e comer uma boa carne. Então nada melhor que contar com uma ajudinha dos nossos hermanos, que aqui em Londres dominam uma boa carne tão bem como nossos conterrâneos. 

Argentina – MooGrill
http://moocantina.co.uk/

moo-cantina-argentina-2

Brasileiro vai viajar e cansa logo desse negócio de ficar comendo sanduíche em Londres. Se você quer comer uma boa carne, mas não quer fugir do nosso restaurante brasileiro de cada dia, os hermanos estao aí para salvar a nossa barriga.

moo-cantina-argentina-1

O MooGrill, restaurante argentino oferece aquela carne dos sonhos, para satisfazer o mais feliz dos esfomeados. Prove a empanada para começar. Como prato principal, peça o Flank, um dos mais conhecidos cortes argentinos ou vá mais informal com o Lomito Porteño, considerado um dos 10 melhores sanduíches do Reino Unido. Nao vá embora sem provar o crepe com dulce de leche.

moo-cantina-argentina

O MooGrill sempre tem promoções e pratos especiais e você come muito bem pagando super pouco.  

Pimlico: 43 Vauxhall Bridge Road – SW1V 2TA

Brick Lane: 60-62 Brick Lane – E1 6RF

Middlesex Street: 40-42 Middlesex St – E1 7EX

Photos: Facebook Moo Cantina Grill.

Passeando por Londres – bairros de Londres – Hampstead

Hampstead é um bairro super lindo que fica no noroeste de Londres e é um passeio bem interessante pra quem quer fugir do óbvio dos pontos turísticos da cidade.hampstead-street

Um pouco de história

Hampstead era um vilarejo e o nome quer dizer “propriedade rural”.

No final do século 17, como vários outros nos arredores de Londres, começou  a ser habitado pela população mais rica que fugia da peste de 1665 e do grande incêndio da City, em 1666. As pessoas queriam viver perto da cidade, mas longe do barulho e da sujeira.

No século 18, um certo Dr Gibbons disse ter descoberto que a água de uma fonte local tinha propriedades medicinais e curava doenças. O vilarejo se transformou num SPA e passou a ser chamado de Hampstead Wells. Nessa época, várias mansões começaram a ser construídas e a população cresceu rápidamente.

No século 19, Hampstead se tornou subúrbio de Londres .

burgh-house-museu-cadeira-prefeito
A cadeira do primeiro prefeito de Hampstead que foi usada de 1900 a 1965 (Burgh House and Museum)

O passeio

Não fiz um mapa pois o melhor é “se perder” pelas ruas e becos do bairro.

Comecei na estação de metrô de Hampstead (linha Northern).hampstead-station

Você pode subir a rua em frente até a Fenton House.

Construída em 1693, tem esse nome porque aqui morou um comerciante chamado Phillip Fenton. Hoje pertence à National Trust, uma instituição que trabalha na conservação e proteção de espaços e lugares históricos.fenton-house-hampstead

A casa é aberta ao público (tem que pagar pra entrar) e aqui você encontra uma coleção de instrumentos musicais antigos, peças de porcelana chinesa e muitas pinturas.fenton-house-hampstead-gate

No jardim tem um pomar de mais de 300 anos com cerca de 30 tipos diferentes de macieiras.

Em setembro acontece o Apple Day (dia da maçã) quando os visitantes podem provar algumas das raras e deliciosas maçãs.

fenton-house-hampstead-gate-close
Estava fechada , mas reabre em março e eu volto lá para dar um update.

Mas tem outro caminho para chegar na Fenton House, passando pela Holly Mount Steps, uma escadaria que dá, adivinhem, na Holly Mount, uma espécie de colina de onde você tem uma vista bem interessante da cidade.

hampstead-holly-mount-steps

As casas no caminho e no topo são lindas e você pode matar a sede e dar uma descansada da subida (nem é tanto assim, mas vale a desculpa) no Pub The Holly Bush.

hampstead-vista-topo-holly-mount
Vista do topo da Holly Mount

hampstead-holly-mount-pub

hampstead-pub-the-holly-bush
Era muito cedo quando passei por lá e o Pub ainda estava fechado.

Se continuar subindo você vai dar no Hampstead Heath, um dos muitos parques de Londres, que tem uma das vistas mais incríveis da cidade.

Porém eu resolvi deixar o parque, que é imenso, para um outro dia e um outro post, em uma época menos fria e mais verde.

Voltando para a rua do metrô, você encontra várias lojas, cafés, restaurantes e becos super charmosos.hampstead-shops

hampstead-padaria-louis
Essa padaria húngara está lá desde que nasci.

Entrei na Flask Walk, uma rua de pedestres onde você pode sentir que o ar de vilarejo do bairro ainda continua preservado.

hampstead-flask-walk
Flask Walk é um dos becos só de pederestes de Hampstead.
hampstead-flask-walk-flea-market
Lojinha de antiguidades, livros e quinquilharias.
hampstead-flask-walk-barber-shop
Barbearia
hampstead-flask-walk-flower-shop-1
Flores, muitas flores!
hampstead-flask-walk-restaurant
Um pequeno resturante francês – “a gaiola imaginária”
pub-the-flask-hampstead
É claro que tem um Pub também – The Flask
the-wells-and-camden-wash-houses-and-baths-1888
The Wells and Camden Wash Houses and Baths 1888 – as casas da era vitoriana não tinham banheiro e nem água encanada então os moradores de Hampstead vinham aqui para lavar as roupas, tomar banho e até abastecer de água pra beber. Virou prédio de apartamentos em 1985.
hampstead-people
Esse homem, estava trabalhando em uma casa, me perguntou se alguém importante tinha morado ali porque me viu tirando fotos. Eu disse que estava tirando foto da porta com o enfeite do Valentine’s Day (veja a foto seguinte) porque achei fofo. Então ele falou: “eu também sou fofo, tira uma foto minha!”

hampstead-house-valentines

Fui conhecer a Burgh House and Hampstead Museum, uma casa construida em 1704, durante o reinado da rainha Anne, e que foi uma das primeiras mansões da área. Várias pessoas importantes moraram lá, inclusive o próprio Dr Gibbons, depois de ter enriquecido com a tal história da água milagrosa!

burgh-house-museu-hampstead

Hoje é um museu que conta a história do bairro e também tem uma pequena galeria de arte e um café.

burgh-house-museu-historia

burgh-house-museu-maquete
Adivinhe quantos palitos de fósforo foram usados pra fazer essa maquete: 25780
burgh-house-museu-jardim
Detalhe do jardim

O museu é grátis e fica aberto de quarta à sexta e aos domingos, de 12h às 17h. O café abre também aos sábados.

Aqui, assim como da Fenton House, se continuar subindo pelas ruas, você chega no parque, mas eu voltei para explorar mais a rua principal e seus becos lindinhos e comer o famoso crepe que, dizem, só não é mais gostoso que os de Paris porque você não está em Paris.

hampstead-comunity-market
O mercadinho comunitário se mistura às lojas e cafés chiques da rua principal de Hampstead.
hampstead-antique-market
Mercado de antiguidade na Perrin’s Court
casinha-rosa-hanpstead
Essa linda casinha na Perrin’s Court chama a atenção de quem passa por ali.
hampstead-arte
Arte de rua em Hampstead

“La Crêperie de Hampstead” é uma típica creperia francesa, que funciona num trailler, e que ficou famosa desde que se estabeleceu permanetemente no local, em 1980. Filas se formam pra provar os deliciosos crepes, ainda mais agora que só abre de sexta a domingo, das 11h às 23h.

la-creperie-de-hampstead
Cheguei cedo e fui a primeira a ser atendida!
la-creperie-de-hampstead-close-crepe
Meu veredito: faltou recheio (me lembro que ficava toda lambuzada na primeira mordida), a massa estava meio chiclete e a moça meio ranzinza, faltou um sorriso e simpatia no atendimento. Infelizmente muitos lugares matêm a fama, mas não a qualidade!

Uma surpresa no caminho

As famosas cabines telefônicas de Londres estão desaparecendo e as que persistem, estão praticamente abandonadas, mal tratadas e usadas como “pipi room”!

cabines-hampstead-menina-curiosa
Essa menina francesa (entendi a língua) saiu reclamando para os pais do mal cheiro da cabine.

Mas existem empresas tentando manter as cabines, tranformado-as. Já vi caixas eletrônicos, tem uma que virou livraria, e essa, na Hampstead High Street, é um café!

cafe-na-cabine-kape-barako
O Umar, que é meio alemão e meio paquistanês, me contou que muitas cabines estão à venda, mas ele aluga a dele e fez o primeiro “café na cabine” de Londres.
cafe-na-cabine-kape-barako-detalhes
O Kape Baraco foi inaugurado há pouco mais de um ano e abre de terça à sexta, das 8h às 16h (18h no verão).

Seu passeio pode terminar por aqui, em algum outro café ou restaurante, depois de fazer umas comprinhas. 

Ou você pode visitar o museu do Freud, que fica a cerca de 10 minutos a pé da creperia.

museu-do-freud
20 Maresfield Gardens, London NW3 5SX  – quarta a domingo de 12h às 17h

Você pode ainda pegar um ônibus, ou caminhar cerca de meia hora, até Camden Town. Vai depender do seu tempo e disposição.hampstead-bancos

Ou você pode simplesmente sentar num banco, refletir sobre esse bairro tão gostoso, que mistura uma paisagem pitoresca com prédios históricos e lojas modernas, e pensar que Londres é muito mais que o Big Ben!

big-ben-sunset
Ah, mas a gente ama o Big Ben!

Vem passear comigo em Londres!

Mande e-mail para info@londrespravoce.com ou clique em Contato para maiores informações sobre passeios guiados com guia brasileria e roteiros personalizados. 

Reserve seu hotel através do Booking.com (você não paga mais caro reservando pelo link do blog e eu ganho uma comissão). 

E para saber onde comer, baixe GRÁTIS o guia “100 Restaurantes em Londres”

Curtiu? Deixe um comentário! Obrigada!

Londres Pra Crianças – Museus grátis – Museu de História Natural e Museu da Ciência

Os museus de Londres são, na sua maioria, grátis a não ser por algumas exposições temporárias que você precisa comprar ingressos.

Existem mais de 200 museus na cidade e muitos deles são super interessantes pra crianças.

O meu sobrinho JG tem 5 anos, então eu e minha irmã escolhemos dois que achamos que ele iria curtir mais.

Natural History Museum – dinossauros e muito mais!

museu-de-historia-natural-predio
O prédio do Museu de História Natural é um dos mais lindos de Londres.

Eu já havia ido ao Museu de História Natural e confesso não tinha gostado muito (leia aqui minhas pirmeiras impressões). Mas ir com criança é outra coisa! Continuar lendo

Passeando por Londres – Shoreditch e Brick Lane – arte de rua

Shoreditch é uma área histórica do leste de Londres que se tornou popular e virou moda no final dos anos 90.

street-art-dreph-abe-odedina
Retrato do fotógrafo nigeriano Abe Odedina pelo artista Dreph, na Fashion Street.

Apesar de ser predominantemente de classe média baixa, nos últimos tempos Shoreditch foi gentrificada pela Indústria Criativa. Muitos prédios industriais foram convertidos em apartamentos e existem bares, restaurantes e galerias de arte que não deixam nada a desejar aos do “West End”, a parte nobre da cidade.

Continuar lendo

Londres em Fevereiro – eventos, arte e etc

E vem chegando o segundo mês do ano com muita coisa divertida acontecendo em Londres!

Orchids Festival @ Kew Gardens – 4 Fev a 5 Mar

orchid-festival-at-kew-gardens_kew-orchids-festival_65f19ec5d63d061ddb49a7f50d39b5b5

Um paraíso inspirado pela cultura indiana, moderna e tradicional.

Continuar lendo

Londres Pra Crianças – onde comer – Rainforest Cafe

Pensar nas refeições quando se viaja com crianças é uma tareja difícil porque você acaba se rendendo aos “fast-food” pra não ter que se estressar muito.

onde-comer-londres-criancas-fast-food

No caso do JG, como ele ficou hospedado na minha casa, pelo menos uma das refeições foi o que ele está acostumado a comer no Brasil: arroz, feijão, legumes e alguma carne ou peixe (falei sobre isso no post de apresentação do projeto Londres Pra Crianças).

Continuar lendo

Restaurante em Londres com vista

E hoje quem apresenta mais um restaurante do Guia 100 Restaurantes em Londres é a querida Liliana Carneiro, do blog Catálogo de Viagens, que escreveu a sessão de restaurantes com vista do nosso guia.

Restaurante com vista em Londres- Vertigo 42

Por Liliana Carneiro- Catálogo de viagens

O Vertigo 42 é um champagne bar/restaurante na torre 42, um dos prédios ícones do centro financeiro de Londres. Por ser pequeno, o local tem um ar bem intimista e discreto.

vertigo-lili2

É o bar ideal para tomar um vinho, beliscar alguma coisa com uma pessoa só ou um grupo menor.

Continuar lendo

Londres Pra Crianças – Madame Tussauds e Shrek`s Adventure

Madame Tussauds, o famoso museu de cera de Londres, aberto há quase 200 anos, é uma das atrações que as crianças, e alguns adultos, curtem muito na capital inglesa.

madame-tussauds-entrada

Apesar de não conhecerem a maioria dos artistas e celebridades, os pequenos  se encantam pelos manequins quase perfeitos.

Continuar lendo

Londres Pra Crianças – um novo projeto

Hoje começa um projeto que vou fazer com muito carinho e espero que vocês curtam:

Londres pra crianças!

Pela primeira vez meu sobrinho JG, de 5 anos, veio me visitar e vou mostrar Londres pra vocês de um jeito diferente, pela perspectiva dele.

paddington-station

Continuar lendo

A restauração do Big Ben

O relógio mais famoso do mundo vai parar de badalar para uma reforma super necessária – a última foi há mais de 30 anos.

big-ben-visto-do-london-eye

A obra visa a  conservação e restauração, assim como a modernização da Elizabeth Tower, a torre que abriga o Big Ben – que é na verdade o sino que toca dentro do relógio – a fim de melhorar os padrões de segurança e acesso à visitação.

Continuar lendo