Curiosidades de Londres: 10 fatos sobre o Shard

Pesquisa Andy Hill – Time Out London Blog

As coisas não acontecem como um passe de mágica.

Você ficaria surpreso com o que há por trás do cenário dos monumentos famosos de Londres.

David Clack foi ao âmago da questão para conhecer os mínimos detalhes de uma das maiores estruturas desta cidade fantástica.

Illustrations Matt Blease
Illustrations Matt Blease

Quarto Superior

O quarto mais exclusivo do  Shangri-la, o hotel que ocupa os andares 34 a 52 do Shard, custa £14.000 por uma noite (£13 por minuto). Por esse preço você tem 232 metros quadrados de espaço, uma vista de 180 graus sobre a cidade, lençóis de 1000 fios de algodão, um mordomo 24 horas, uma sauna a vapor, uma banheira de hidromassagem e uma máquina de café Nespresso – pena que o George não está incluído.

Nossa, que rodo enorme!

O Shard é revestido com vidro suficiente para cobrir oito campos de futebol. A limpeza é feita por uma equipe de seis homens que escalam o prédio fazendo rapel. Limpam um lado a cada semana e, depois de terminar o quarto lado, começam tudo de novo. O trabalho nunca termina. E você ainda tem preguiça de limpar o espelho do seu banheiro?! AFF!

shard-wide 

Wheeee!

Se você anexasse uma tirolesa do topo do Shard até o prédio do MI6, em Vauxhall Cross, levaria apenas 49 segundos para deslizar de um ponto ao outro. Dependendo das condições do dia, você poderia atingir uma velocidade de 148 km/h (calculado pela astrofísica da revista Time Out, Jenna Thornton) e pousar em grande estilo.

Aluga-se

Quarenta por cento do prédio está vazio (informação correta na época da pesquisa), incluindo todos os dez andares de apartamentos residenciais. Não é preciso ser agente imobiliário para se tocar que isso pode ter algo a ver com o preço inicial de £ 30 milhões.

Dê um “tchibum” (se tiver dindin)

A piscina do hotel Shangri-la, localizada no 52º andar, é o lugar mais alto da Europa para dar um mergulho e tem vistas para St Paul e Westminster.  A pegadinha? Só está aberta para os hóspedes do hotel. Qual o problema? O preço dos quartos (a partir de a £450 por noite).

shard-close

Subindo

Os 44 elevadores da torre sobem a uma velocidade média de seis metros por segundo, cerca de 20 Km por hora, ou seja, a viagem até o topo leva menos de um minuto. Se tiver medo de elevador,  pode ir de escada – são 1.479 degraus.

Altas dicas

Curte escalar? O recorde são 16 horas: é o tempo que levou uma equipe de seis manifestantes do Greenpeace para atingir o topo, em julho de 2014. Mas nem tente, você vai levar uma tremenda bronca.

dscf2042

É fato!

Barbican e Southbank não são as únicas “bestas de concreto” da cidade. Durante a construção do Shard, o equivalente a 22 piscinas olímpicas em material de construção foi despejado nas fundações e superestrutura do prédio. As chances de ser derrubado por um furacão são mínimas.

O monstro verde gigante

O edifício mais alto da cidade não é somente ostentação: 95% do material usado na sua construção era reciclado.

Saideira

O bar do restaurante Aqua Shard vendeu 18.000 garrafas de champanhe em seu primeiro ano – são 13.500 litros do delicioso espumante francês. Se você empilhasse as garrafas vazias, elas chegariam a 5,6 km de altura, o equivalente a 18 Shards (o prédio tem 306 metros).

dscf2516

Venha ver o Shard e muitos outros monumentos de perto (clique aqui para ver outros posts sobre curiosidades).

Quer curtir Londres em alto nível? Reserve seu passeio guiado e/ou roteiro personalizado!

Mande e-mail para info@londrespravoce.com ou clique em Contato para maiores informações.

Para reservar hotel clique em Booking.com (você não paga mais reservando pelo link, mas eu ganho uma comissão).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s