Prata da casa – London Silver Vaults

DSC_0129

Por trás da porta despretensiosa encontra-se  a mais resplandecente catacumba de Londres.

As Galerias de Prata de Londres (London Silver Vaults) ocupam um amplo armazém da era vitoriana, abaixo da Chancery Lane. Poucas pessoas conhecem  as ruelas subterrâneas, mas é só descer as escadas para explorar livremente um dos maiores mercados de prata do mundo.

Portas de ferro em um longo corredor de cores neutras, à primeira vista parece mais uma prisão do que um mercado de metais preciosos.

DSC_01261

Alguns passos adiante, caminhando ao longo do corredor e entrando na segunda porta à direita,  o cenário se transforma! É melhor colocar seus óculos escuros primeiro.

DSC_00831

Esta loja cintilante pertence a John Walter, um comerciante de prata. O negócio foi fundado por seu avô, William Walter, na década de 30. Na verdade, a maioria das lojas nesta galeria exclusiva foram herança de família, passadas de geração em geração. Os talheres de prata na loja de Walter são predominantemente da era georgiana. Você encontra alguns presentes relativamente baratos aqui, como uma antiga colher de batizado por £35, porta-guardanapos por £40 e porta retratos por £50. Por outro lado, um conjunto de colheres Tudor pode custar dezenas de milhares de libras.

Algumas portas depois, encontra-se o antiquário de Steven Linden, também herança de família e que está na galeria  há mais de 40 anos. Aqui você pode comprar enfeites para festas de aniversário, casamentos e outros eventos sem gastar muito, com itens a partir de 20 libras.

linden

A loja é particularmente popular entre restaurantes e hotéis que defendem o princípio de que o bom chá sempre deve ser preparado em bule de prata.

Mas aqui não se vende só prata. Anthony Green é especializado em relógios de bolso antigos, um comércio que ele opera há 30 anos. Alguns relógios são da era georgiana, a maioria fabricados pertinho dali, em Clerkenwell, antigo centro mundial de relojoarias da época.

Esta obra-prima, construída 300 anos atrás, ainda funciona perfeitamente.

DSC_0099

E este exótico relógio de bolso contém um carrilhão de sinos que emite um tom diferente a cada quarto de hora. Se ouvir o trinado por um alto falante, você jura que o som é digital. Mas o tic tac é totalmente mecânico; um verdadeiro milagre em miniatura.

DSC_0102

Aqui você também encontra joalherias que vendem peças modernas e antigas – uma variedade maior do que as lojas que vemos nas ruas, muito parecidas e vendendo basicamente a mesma coisa.

John Petrook (foto abaixo) é especializado em peças antigas. O negócio da família começou na Bond Street, há mais de 50 anos e chegou ao London Vaults há 34 anos. Ele diz que a maioria dos clientes vem de no exterior, já que os londrinos mal sabem que o mercado existe. O que é uma pena, porque é um lugar verdadeiramente surpreendente. “Nós somos como uma grande família aqui”, ele confessa, “embora, como todas as famílias, existem divergências ocasionais”.

DSC_0103

Confrontos são inevitáveis em um complexo com muitas empresas concorrentes. No entanto, a atmosfera é extremamente amigável, com funcionários indo e vindo para um rápido bate-papo ou troca de materiais. Todos intensamente entusiasmados com seu comércio e sempre dispostos a ajudar.

As unidades estão instaladas dentro de cubículos guardados por portas de ferro maciço e a entrada da galeria é protegida por um imenso portal blindado, indícios remanescentes do primeiro prédio de caixas-forte da Grã-Bretanha – na era vitoriana era comum deixar itens de valor inestimáveis em depósitos de alta segurança como este. 

Os cofres nunca foram arrombados com sucesso. De fato, os criminosos estavam entre os clientes – quarenta milionários e quarenta ladrões podem alugar cofres lado a lado, ambos sendo assegurados por fortalezas absolutamente invulneráveis e secretas.

Tendo sobrevivido a um bombardeio durante a segunda guerra mundial, a galeria mantém sua reputação de uma construção resistente e segura.

E você ainda pode encontrar objetos de antiguidade mais delicados, como este belo navio de prata:

DSC_0115

As rodas permitem que a embarcação, conhecida como um “nef”, enfeite popular da época renascentista, circule pela mesa transportando especiarias e condimentos, que eram artigos de luxo, para os convidados. É o saleiro mais chique que você já viu! Quanto maior o “nef”, maior era o status. Esta é uma peça portuguesa do século XIX e vale cerca de £30.000.

London Silver Vaults é um daqueles lugares que podem intimidar, mas com certeza você encontrará algo que está ao alcance do seu bolso. Além de se encantar com o brilho das catacumbas secretas de Londres!

A galeria fica na esquina da Chancery Lane com Southampton Buildings e está aberta de segunda a sexta das 9hs as 19hs e sábados das 9hs as 13hs – clique aqui para entrar no site.

(Article by Matt Brown – Londonist)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s