Passeando por Londres – Shoreditch e Brick Lane – arte de rua

Shoreditch é uma área histórica do leste de Londres que se tornou popular e virou moda no final dos anos 90.

street-art-dreph-abe-odedina
Retrato do fotógrafo nigeriano Abe Odedina pelo artista Dreph, na Fashion Street.

Apesar de ser predominantemente de classe média baixa, nos últimos tempos Shoreditch foi gentrificada pela Indústria Criativa. Muitos prédios industriais foram convertidos em apartamentos e existem bares, restaurantes e galerias de arte que não deixam nada a desejar aos do West End, a parte nobre da cidade.

brick-lane-contrast

Shoredtich virou sinônimo de “hyspter” e a área continua passando por grandes transformações, inclusive vários prédios estão sendo construídos no estilo dos ícones da City de Londres.

city-of-london-river-view
Walkie Talkie, Cheese Greater (Ralador de Queijo) e Gherkin (Pepino) são 3 dos mais famosos prédios modernos do centro financeiro da capital inglesa.

Como a maioria dos meus clientes quer conhecer os pontos turísticos mais populares como Big Ben, Tower Bridge, Palácio de Buckingham, aproveitei a visita da minha afilhada do coração e fomos fazer um passeio diferente pela área também conhecida por ter sido onde “Jack, o Estripador”, cometeu seus crimes – acredita-se que ele matou e dilacerou 5 mulheres em setembro de 1888.

barber-shop-jack-the-clipper
Adoro a criatividade no nome da barbearia: clipper é a máquina para raspar a cabeça.

Tomamos um drink no Ten Bells, o pub onde, dizem, uma das vítimas de Jack foi vista pela última vez e outra fazia ponto na calçada em frente.

ten-bells-door

Passeamos pelo Old Spitafields Market, um mercado de moda, arte, artesanato e comida que funciona no local há mais de 350 anos.

spitafields-market
O prédio da era vitoriana, o teto e o pavilhão central foram restaurados e hoje é um dos principais mercados de Londres.

O mercado fica aberto 7 dias na semana, mas é sempre bem movimentado nos fins de semana.

E fomos explorar a Brick Lane, famosa pela quantidade de restaurantes indianos devido à grande comunidade vinda desta parte do mundo, principalmente de Bangladesh, que se instalou por lá.

brick-lane-plaque

brick-lane-restaurants

Mas também tem outras lojas, cafés, bares e restaurantes super diferentes e interessantes.

dark-sugars-chocolate-shop
Dark Sugars – se você gosta de chocolate, seja bem-vindo ao paraíso!
bricklane9
O Cereal Killer é um café diferente onde você pode escolher entre mais de 100 tipos de cereal, vários tipos de leite e também de ingredientes para adicionar ao seu sucrilhos! Fica na esquina da Brick Lane com Bacon Street e tem outra filial no Stables Market, em Camden Town. Foto do site.
brick-lane-vintage-clothes-market
Os espaços também são bem aproveitados por lojas e mercados “pop up”.

Porém o que chama mesmo a atenção é a quantidade de grafite que se vê pelas ruas e becos da região.

shoreditch-street-art-mr-cenz
Mr Cenz
shoreditch-street-art-mazatl-e-mr-fahrenheit
O misterioso Mr Farenheit colocou uma coleira no lobo do artista mexicano Mazatl. Vandalismo ou senso de humor?
shoreditch-street-art-ante-ltd-muhammad-ali
Homenagem a Muhammad Ali por Ante-ltd e Sam Sure na Fashion Street
shoreditch-street-art-shok-1
Shok 1 – o pioneiro do raio X de rua
shoreditch-street-art-roa
ROA na Hanbury Street
shoreditch-street-art-various
Os grafites já fazem parte da paisagem local.
shoreditch-street-art-sharks
Um beco qualquer…

E tem muito mais, mas seu eu for colocar aqui todas as fotos que tirei, esse post não vai ser publicado nem no ano que vem!

shoreditch-street-art-ear

A Brick Lane foi cenário de vídeo-clipes como “Glory Days” de Just Jack, “All These Things That I’ve Done” do The Killers and “Überlin” do R.E.M.

Por ali você também encontra o famoso restaurante Poppie’s que é considerado o melhor de Fish and Chips, o prato típico inglês, da cidade.

fish-and-chips-poppies-shoreditch
Tem outra filial em Camden Town, além de barracas e food trucks, mas esse foi o primeiro.

Mas como a Fabi é vegetariana e não come peixe, lógico que almoçamos num indiano. Checa o que comemos no videozinho abaixo:

OBSERVAÇÃO: muitos restaurantes da Brick Lane, por pertecerem a muçulmanos, não servem bebidas alcóolicas, mas alguns deixam você levar ou até se oferecem para ir comprar um vinho ou uma cerveja se você quiser.

brick-lane-street-art-voyder
De olho no olho – mural do artista Voyder

Eu tinha pesquisado uma rota pra gente ver o maior número de arte de rua possível, porém, por mais recente que seja o artigo, a área está se renovando e muitos dos grafites feitos em portas de lojas fechadas ou tapumes de obras não existem mais.

Por isso não vou traçar um mapa aqui! Meu conselho é sair andando pois cada esquina, cada beco que você entra tem sempre algo super interessante.

shoreditch-street-art-eine
B de Bibinha – ainda vimos letras do artista Eine na Middlesex Street, apelidada de “Alphabet Street”. Porém a famosa palavra HAPPY não está mais lá (pelo menos não achamos).

Para chegar a Shoreditch você pode usar as estações de Aldgate East (linhas Hammersmith&City e District), Liverpool Street (linhas Metropolitan, Circle, Hammersmith&City e Central), Shoreditch High Street (Overground) e Old Street (linha Northern).

girsl-and-graffiti
Eu a Fabi, que eu chamo carinhosamente de Bibinha, minha afilhada do coração.

Vem passear comigo em Londres!

Passeios guiados com guia brasileira e roteiros personalizados com apoio local de quem mora em Londres há mais de 20 anos!

Mande e-mail para info@londrespravoce.com ou clique em Contato para maiores informações e orçamento.

Reserve seu hotel através do Booking.com (você não paga mais caro reservando pelo link do blog e eu ganho uma comissão). 

E para saber onde comer, baixe GRÁTIS o guia “100 Restaurantes em Londres”

Curtiu? Deixe um comentário! Obrigada!

Anúncios

20 comentários Adicione o seu

  1. Luciana Werner disse:

    Amei esse post, o passeio deve ter sido delicioso!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lembra que a gente foi lá? A loja de chocolate é onde ficava o restaurante que a gente comeu! Saudades…

      Curtir

  2. Tina, eu simplesmente adorei todas as suas dicas!! Londres é uma cidade espetacular e em uma próxima visita pode ter certeza que te consultarei. Parabéns pelo post!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada! Se quiser fazer um passeio guiado, entre em contato!

      Curtir

  3. itamarjapa disse:

    Que maravilha de passeio! Adoro arte de rua! Que bom que um certo prefeito não apareceu por aí pra pintar tudo de cinza, rsrsr… Ótimo post! 😉

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olá! Que boas dicas e excelentes fotos! Fiquei vidrada no roteiro de street art, que é muito interessante e diversificado! Vou anotar tudo aqui para a próxima visita a Londres! Boas viagens!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada! Se quiser fazer um passeio guiado, entre em contato!

      Curtir

  5. Andrea disse:

    Como amo esse lugar… fotos incríveis. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada! É muito legal mesmo!

      Curtir

  6. Curti, curti, curti muito! Que região bacana e interessante, cheia de informações! Quando voltar a Londres, vou incluir uma “perambulação” por aí. 🙂 bj

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada! Se quiser fazer um passeio guiado, entre em contato!

      Curtir

  7. Pedro disse:

    Oi Tina, eu adoro essa parte da cidade. Realmente, é muita criatividade espalhada pelos murais da região de Shoreditch, Brick Lane e Hoxton. Trabalhei em Shoreditch durante um tempo e, volta e meia, aparecia um mural novo e ainda mais colorido que o anterior. 10!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Juliana Moreti (turistando.in) disse:

    Ótimo post, Tina!
    Esse bairro me lembrou muito o bairro de Kreuzberg, em Berlim. Tentei seguir as grafites pelo bairro (seguindo a dica de um blogueiro), mas como você disse: muda tanto que é melhor nem montar roteirinho!

    Curtido por 1 pessoa

  9. Oi, Tina, que post legal! Além das fotos, adorei os nomes criativos da barbearia e do café Cereal Killer. Olha aí outra ideia pra post: reunir estabelecimentos com nomes assim!

    Curtido por 1 pessoa

  10. contramapa disse:

    Gosto muito dessa zona de Londres! Apesar de já estar meio aburguesada, tem muita cultura de street art! Quando estive aí até fiz uma entrevista (que está no youtube) com um artista local que trabalhava nos Nomadic Gardens! Seu post mostra outra perspectiva!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Acabei de ver o vídeo e o post do seu blog. Muito interessante. Meus posts são para mostrar um lado mais leve de Londres porque é um convite para os passeios guiados que faço por aqui. Mas vou dar uma olhada e na próxima vez que estiver pela área, vou conferir. Obrigada!

      Curtir

  11. Tatiana Lobato disse:

    Oi Tina! Amo seus posts!
    Onde fica aquela borboleta gigange em grafiti? É nessa parte da cidade tbm? Obrigada!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada Tatiana! Se eu não me engano, ela fica num beco da Harbury St que é transversal à Brick Lane. porém não é garantido que ainda esteja lá pois essas artes viivem mudando! Boa sorte! Vc mora em Londres ou está passeando?

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s