Covent Garden – Bairros de Londres

Covent Garden é uma das áreas mais visitadas pelos turistas.

Eu sempre recomendo, principalmente no final do dia, pois tem vários restaurantes, cafés, Pubs e teatros com as melhores peças e musicais de Londres.

Covent Garden grupo turistas
Um grupo de clientes queridos na entrada principal do mercado.

Aqui lojas chiques se misturam com o mercado de artesanato e artistas de rua num frenesi de cores e sons .

Vem comigo conhecer um dos lugares mais charmosos e animados de Londres!

Covent Garden shopping

Covent Garden street artist balloon

Por que Covent Garden?

O nome vem de CONVENT Garden e quer dizer, literalmente, “jardim do convento” .

No século 13, fazia parte da então abadia de Westminster, de monges beneditinos.

Era uma área cercada e usada como, adivinhem? O jardim do convento!

Covent_Garden_from_the_Ralph_Agas_1572_map_of_London_-_marked
Covent Garden num dos primeiros mapas de Londres, da década de 1560, com o muro marcado em verde.

Quando o rei Henrique VIII tomou posse das terras, depois do rompimento com a Igreja católica, Covent Garden passou por vários donos até ser vendida, em 1962, para a recente autoridade estatal Covent Garden Authority e hoje faz parte de Westminster e Camden, dois dos 32 distritos administrativos da cidade.

O mercado

No século 17, o Conde de Bedford conseguiu autorização do rei Charles II para montar uma feira para vender frutas e verduras todos os dias, exceto aos domingos e no dia de Natal. Mas, à medida que foi crescendo, as barracas de madeira eram montadas de forma desorganizada e o local se tornou um tanto caótico. No século 19, o herdeiro do mercado, o 6º Duque de Bedford, conseguiu uma permissão para que fosse construído o prédio que se mantém de pé até hoje.

Old-Covent-Garden-Market,-1825
Old Covent Garden Market -1825

Covent Garden building

O mercado funcionou até 1974. Porém teve que se mudar para um local maior, no sudeste da cidade, conhecido hoje como New Covent Garden Market, porque os enormes caminhões que entregavam os produtos começaram a causar um grande congestionamento na área.

Covent Garden apple market

Covent Garden apple market antiques

Em 1980 foi reinaugurado como um shopping centre com cafés, pubs, pequenas lojas e um mercado de artesanato, o Apple Market.

No lado sul da praça você encontra o Jubilee Market que vende souvenirs, camisetas e outras bugingangas.

Covent Garden Jubilee market

A Piazza

A praça principal, construída em 1630, é chamada de “Covent Garden Piazza” para não confundir com a área.

Foi a primeira praça em estilo moderno de Londres, criada pelo arquiteto Inigo Jones, tendo como inspiração outras praças da Europa, entre elas a Praça de São Marco, em Veneza e a Place de Vosges, em Paris, e influenciou o urbanismo da cidade em crescimento.

Dos prédios criados por Jones, somente a igreja de St Paul permanece no local e é na piazza que os artistas de rua de Covent Garden se apresentam.

Covent Garden street artist st paul church

Artistas de Rua

A área central de Covent Garden tem uma licença especial para a performance de artistas de rua, que têm que fazer testes para se apresentarem nos locais e horários estipulados. Tudo muito organizado.

 

 

As apresentações acontecem todos os dias, menos no dia 25 de dezembro, e cada uma tem duração máxima de 30 minutos, com meia hora de intervalo entre uma e outra.

Covent Garden classic busking
No pátio do andar de baixo só podem se apresentar artistas de música clássica.

ATENÇÃO: No vídeo eu mostro um restaurante e um bar do Jamie Oliver que não existem mais.

London Transport Museum

Covent Garden transport museum

O Museu do Transporte de Londres se mudou para o lado leste da praça em 1980 e ocupa um prédio vitoriano onde, na época do mercado, eram vendidas flores.

A coleção do museu é composta de ônibus, trens e outros veículos dos séculos 19 e 20, além de vários objetos que contam a importância do serviço de passageiros e da rede de transportes para o desenvolvimento da cidade.

Para mais informações e compra de ingressos, cheque o site:

https://www.ltmuseum.co.uk/

Royal Opera House

Covent Garden royal opera house ballerina

Também conhecida como Covent Garden Theatre, foi construída em 1732 e amplamente renovada nos anos 90, porém mantendo algumas características originais como a fachada, o saguão e o auditório.

Você pode assistir a um espetáculo ou então fazer um tour guiado para conhecer a casa das companhias Royal Opera e Royal Ballet.

Mais informações sobre a programação e tours no site:

http://www.roh.org.uk/

Theatre Royal, Drury Lane

Covent Garden theatre royal drury lane

O Teatro Real foi inaugurado em 1663 e é o mais antigo de Londres.  Todos os monarcas desde então visitaram o teatro e aqui foi ouvido pela primeira vez o hino nacional britânico.

É considerado o teatro mais mal assombrado do mundo!

Dizem que, quando um dos fantasmas aparece para algum ator ou atriz, é sinal de boa sorte!

O mais famoso dos fantasmas é “The Man in Grey” (o homem de cinza), que aparece vestido como um nobre do século 18. Acredita-se ser um homem cujos restos mortais foram encontrados em uma das passagens internas do teatro, em 1848. Ela havia levado várias facadas.

O prédio que existe hoje é a quarta construção, inaugurado em 1812, e pertence ao Really Useful Group Limited, do compositor Andrew Lloyd Weber.

https://www.reallyusefultheatres.co.uk/

Seven Dials e Neal’s Yard

Seven Dials é uma área de Covent Garden centrada numa  pequena rotatória de onde saem 7 ruas com lojas, cafés, restaurantes, hotéis, Pubs e até um teatro.

Covent Garden seven dials
O pilar com seis relógios de sol – apesar do nome ser Seven (7) Dials, o plano orignal era de 6 ruas.

Foi idealizada por Thomas Neale, no final do século 17, e a idéia era maximizar o número de casas na área para atrair residentes ricos e se tornar um dos endereços mais “fashion” de Londres.

Mas o plano não deu certo e acabou virando uma grande favela.

Porém, com o crescimento da região em volta, em meados do século 19 foi possível a gentrificação da área.

Hoje é um dos lugares mais charmosos da cidade!

Covent Garden neals yard
Neal’s Yard, um bequinho colorido entre 2 ruas de Seven Dials, com restaurantes independentes e lojas de medicina alternativa, ocultismo e astrologia que foram atraídas, desde o século 17, pelo relógio de sol e o layout em forma de estrela das ruas.

Você já veio a Londres na época de Natal? Não? Então venha!

Apesar dos dias curtos do inverno, as decorações e luzes natalinas são simplesmente MARAVILHOSAS!

OBS: o vídeo é de 2015 e algumas coisas mudaram, mas o encanto e a energia são os mesmos.

Covent Garden christmas tree
Pra mim, Covent Garden tem a árvore mais bonita…
Covent Garden raindeer
Sem falar na incrível rena gigante que também serve de banco pra descansar das compras e do passeio.

Enfim, em qualquer época do ano, Covent Garden é um dos lugares TOP pra se visitar em Londres!

CURIOSIDADES  DE COVENT GARDEN:

  • William Hitchcock , pai do diretor e produtor de filmes Sir Alfred Hitchcock, foi feirante no mercado de Covent Garden.

Covent Garden old picture market
Não é o pai do Hitchcock, mas tem várias fotos da época da feira pelo mercado.
  • O restaurante mais antigo de Londres fica em Covent Garden.

Covent Garden Rules restaurant
O Rules foi inaugurado em 1798. A plaquinha confirma que é o restaurante mais antigo de Londres.

Covent Garden Rules restaurant sign

  • O artista Tim Fishlock criou modelos em gesso de suas orelhas e espalhou pela cidade, duas estão em alguma parede da Floral Street.

Covent Garden floral street signCovent Garden floral street ear

  • Punch & Judy – a primeira menção sobre famoso show de marionetes está no diário de Samuel Pepys, que diz ter visto a apresentação em Covent Garden em 1662.

Covent Garden punch and judy pub
Na Piazza de Covent Garden tem um Pub que homenageia as famosas marionetes.
  • Muitas das ruas de Covent Garden são iluminadas por lâmpadas à gás. Inclusive algumas são cenários de filmes e séries de época.

Covent Garden gas lamps
As lâmpadas da arcada em frente à loja da Apple também são à gás.

Veja o post sobre as lampadas à gás de Londres 

  • Policeman’s hook – Na década de 1930, o tráfego era bem caótico na área e, na falta de sinais de trânsito, policiais organizavam o fluxo de carros e pedestres. Fazia parte do uniforme uma capa bem pesada e nos dias mais quentes eles tiravam e penduravam num prego em uma parede de um prédio em construção. Quando as obras terminaram, o departamento de polícia pediu aos donos do prédio que colocassem um gancho no local onde antes havia o prego. E está lá até hoje!    

Covent Garden police hook

  • O metrô leva somente 45 segundos para ir de Leicester Square a Covent Garden, sendo essa a menor distância entre duas estações. Nos dias de maior movimento de turistas, é melhor usar a estação de Leicester Square, que é maior, e ir andando até Covent Garden.

Leia o post sobre os fatos do metrô de Londres

Covent Garden underground station

Vem passear comigo em Londres!

Passeios guiados privados e personalizados com apoio local de uma guia brasileira que mora em Londres há mais de 20 anos!

Anúncios

21 comentários Adicione o seu

  1. Analuiza disse:

    Esta Londres é mesmo cheia de charme!!! Preciso mesmo voltar e ver e rever esta cidade que eu tanto gosto! 🙂 Gostei especialmente da história do teatro mal assombrado! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  2. Esse bairro é uma fofura, gosto muito de andar a esmo e ver as ruazinhas e as lojinhas, também adoro o museu do transporte, quero voltar logo!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Marcia disse:

    Tina, que post legal – e quantas coisas que não vi em Londres! Adorei saber a origem de Convent Garden e todas as curiosidades, obrigada por compartilhar!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Londres precisa de várias visitas para ser bem explorada! Quando voltar, te levo pra fazer um passeio!

      Curtir

      1. Marcia disse:

        Com certeza vou falar com você, Tina, obrigada e abraços!

        Curtido por 1 pessoa

  4. Que interessante saber mais sobre a história do bairro e comparar com a modernidade de hoje, espero poder fazer um passeio com vc qd estiver em Londres e viver essa experiência de Convent Garden.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Vai ser um prazer mostrar Londres pra você! 😗

      Curtir

  5. Que post mais completo. Adoraria voltar a Londres para ficar mais tempo e explorar este bairro. E também sentar em um dos restaurantes e pubs e sentir a atmosfera do lugar. E nada como jantar no restaurante mais antigo da cidade, né? Excelente post e as fotos são lindas

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada Renata! Venha sim e te levo pra passear no ritmo bem gostoso e aproveitar cada pedacinho de Covent Garden!

      Curtir

  6. angiesantanna disse:

    nossa eh gigantesco mesmo! n ia dar pra fazer aquele dia n ahueahuea mas na proxima ida a londres já sabe, vamos rodar por la!

    Curtido por 1 pessoa

  7. Londres é um lugar cheia de charme que preciso URGENTE conhecer!!!

    Curtido por 1 pessoa

  8. Camila disse:

    Londres tem cada bairro mais charmoso que o outro! Adorei o post 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  9. Edson Jr disse:

    Olhaí, não sabia da história do covent garde, mesmo já passando por lá algumas vezes, que legal. E ah… já quero uma foto com essa estátua da bailarina! 😮 E o Neal’s Yard é realmente lindo

    Curtido por 1 pessoa

    1. Tá vendo porque você precisa de uma guia londrina?! 😉

      Curtido por 1 pessoa

  10. Holandesando disse:

    Que saudade de Londres! Agora que dá pra ir de trem pra Holanda praí, preciso voltar e relembrar esses lugares! ❤

    Curtido por 1 pessoa

  11. Paulo disse:

    Olá Tina, estou adorando suas postagens e anotando suas dicas, pretendo visitar Londres com a esposa o ano que vêm, e aqui estou encontrando muitas informações sobre a cidade que com certeza irão nos ajudar muito. O ano que vem certamente combinaremos um passeio. Parabéns pelo blog. Abs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada! Quando tiver as datas, me passe um email que lhe envio um orçamento! Vai ser um prazer mostrar Londres pra vocês!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.